Imobiliária Modelo

Blog

Com cara de novo

Se a grana é curta, reinventar objetos, dando-lhes novas utilidades, ajuda a renovar a casa a um custo quase zero

Publicado 29/01/2013 por Folha em Geral

Animação de Ano-Novo não pode ser desperdiçada. Se as metas de parar de fumar, cortar as calorias ou guardar dinheiro já foram pela janela, sempre dá para canalizar a promessa de mudança para renovar o lar. O drama é que, embora a vontade seja grande, a grana é curta graças aos excessos do ano anterior.

Então, o jeito é usar a criatividade e investir na reutilização e em reformas que custam pouco e têm grande efeito. Ver as coisas de um jeito diferente e imaginar outras funções para o que temos pode fazer a diferença.

Especialista em dar novos usos a objetos, Cláudia Regina de Oliveira, do ateliê La Calle Florida, faz vasos com conchas velhas e monta comedouros de pássaros com pratos e xícaras antigos. Tudo com criatividade e um pouco de habilidade manual. "Luxo é amar aquilo que temos e sentir prazer em usar o que amamos", diz ela.

Então, quem sabe a grande meta para este novo ano seja desenvolver esse olhar curioso? O resultado pode ser uma casa renovada a um custo mínimo


Fonte http://www1.folha.uol.com.br/revista/saopaulo/sp1301201313.htm.